Capa

Capa

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Passione: Lorena vai à delegacia e acusa mãe e amante de matarem Saulo

Lorena se arrepende de ter acusado a mãe e Stela consola a filha Divulgação: Globo
Lorena (Tammy Di Calafiori) vai jogar o nome da mãe, Stela (Maitê Proença), na lama, em “Passione”. Ao saber que a socialite não deixou de se encontrar com Agnello (Daniel de Oliveira), a jovem decide refazer seu depoimento e afirma que a mãe e o italiano são amantes e que mataram Saulo (Werner Schünemann).
Tudo começa quando Sinval (Kayky Brito) ouve uma mensagem de Agnello no celular da mãe, marcando encontro. Stela, depois, pega o telefone, vê que há um recado do italiano e fica nervosa. O ciclista percebe, pergunta o que foi e a socialite mente dizendo que era uma mensagem perdida de Bete (Fernanda Montenegro). “Tá mentindo! Será que ela vai atrás dele?”, questiona-se.
O rapaz segue a mãe, que vai direto para o motel. Mas ele não dá o flagra imediatamente. Stela e Agnello fazem amor e o italiano tenta de todas as maneiras convencer a amada a não parar de se encontrar com ele. Neste momento, Sinval bate à porta e quando Agnello abre, o rapaz entra furioso. Stela tenta argumentar, o italiano diz que ama a socialite, mas o ciclista o agride. Depois, vira para mãe e dispara: “Acabou, mãe! Cansei. Para mim, você morreu!”.
Stela vai atrás do filho e, em casa, os dois discutem feio, sem se dar conta de que Lorena ouve tudo. “Você é uma falsa! Mentiu pra mim, mentiu pro Sinval, é a pessoa mais egoísta que eu conheço”, afirma a jovem, que vai direto à delegacia. Lá, ela avisa ao delegado que mentiu no depoimento e que sabe quem matou seu pai.
Lorena conta que foi sua mãe quem pediu para ela mentir, já que é amante de Agnello. “A briga que o porteiro do meu prédio viu, entre o meu pai e o Agnello, não foi por minha causa, foi porque eu falei para o meu pai que eles eram amantes. Tenho certeza absoluta de que foi a minha mãe e o amante dela que mataram o meu pai!”, diz, aos prantos.
Ao sair da delegacia, um repórter a vê, pergunta ao policial quem é ela. O homem diz que é Lorena Gouveia e que ela acabou de denunciar a própria mãe de ter matado o pai junto com o amante. No dia seguinte, a informação é manchete nos jornais.
O curioso é que justamente esta bomba faz com que mãe e filha se reaproximem. Lorena se arrepende de ter denunciado Stela e pede perdão. “Nada pode ser mais importante do que ter você novamente do meu lado. Mesmo que tenha sido necessário esse furacão pra isso”, afirma a socialite, que beija a filha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário