quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Serra reclama de Lula na campanha e diz que Brasil ‘mudou para pior’


Tucano defende regulamentação da ação de presidente na campanha.
Ele citou Itamar Franco (PPS) e Fernando Henrique (PSDB) como exemplos.

Candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, em reunião com aliados, nesta quarta-feira (06).José Serra com o ex-presidente e senador eleito
Itamar Franco (PPS-MG), ao centro, e o candidato a
vice Indio da Costa (DEM-RJ), durante encontro
com aliados em Brasília (Foto: Fabio Rodrigues
Pozzebom / Agência Brasil)
O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, reclamou nesta quarta-feira (6) da participação ativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha eleitoral deste ano.
Ele reclamou das ações do presidente e defendeu um projeto para regulamentar o que o chefe do Executivo pode fazer durante sua sucessão. O tucano discursou duranteencontro com aliados em um centro de convenções em Brasília.
Serra elogiou os ex-presidentes Itamar Franco (PPS), que estava presente, e Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ausente, ao se referir ao comportamento deles durante campanhas eleitorais.
Serra afirmou que Itamar não se engajou na campanha, mesmo desejando a vitória de FHC. O mesmo, segundo ele, teria acontecido em 2002, quando ele próprio tentou suceder FHC, mas foi derrotado por Lula.
Após elogiar os aliados, ele partiu para o ataque contra o presidente. “O Brasil mudou para pior nesse aspecto. Uma das primeiras coisas que vamos ter de fazer como presidente, junto com o Congresso, por incrível que pareça, é fazer uma legislação para que se defina a participação do chefe de estado nas campanhas”, afirmou Serra.
Blog do Augusto Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário