Capa

Capa

domingo, 31 de outubro de 2010

Lula defende Tiririca e diz que exigir prova agora é desrespeito ao eleitor


"Quem tem de fazer prova é quem está pedindo para ele fazer prova", disse.
Para presidente, justiça eleitoral deveria ter apontado falha antes da eleição.

 Depois de votar em São Bernardo do Campo, no ABC, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu o deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o humorista Tiririca.  Ele foi eleito com 1,3 milhão de votos, mas responde a uma ação na Justiça Eleitoral para provar que sua declaração de escolaridade é verdadeira. Para o presidente, 'Tiririca é a cara da sociedade' e a Justiça Eleitoral deveria ter apontado a falha antes de ele ser candidato.
"O Tiririca é a cara da sociedade. Acho uma cretinice o que estão tentando fazer com o Tiririca. Estão desrespeitando 1,5 milhão de pessoas que votaram nele. Então, que não deixassem ele ser candidato. Acho que tem de fazer prova é quem está pedindo para ele fazer prova", disse Lula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário