segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Justiça aceita denúncia contra Tiririca por suspeita de analfabetismo

Prova técnica aponta para uma discrepância de grafias, alega juiz.
Eleito deputado federal, palhaço tem 10 dias para apresentar defesa

TiriricaTiririca chega para votar (Reprodução/TV Globo)

A Justiça Eleitoral de São Paulo aceitou denúncia nesta segunda-feira (4) contra Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido como o palhaço Tiririca, eleito com 1.353.820 votos para o cargo de deputado federal - o mais votado do país - nestas eleições, pela coligação Juntos por São Paulo (PR/PT /PRB/PC do B/PT do B).

A prova técnica apresentada sobre alfabetização de Tiririca justifica o recebimento da denúncia, anteriormente rejeitada, para início da ação penal, segundo nota do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e aceita pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário