segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Leitura labial do Fantástico desvenda bate-boca entre Neymar e Dorival

Jogador se revoltou quando soube que o treinador não deixou que ele cobrasse o pênalti contra o Atlético-GO, na quarta-feira passada

O "Fantástico" colocou a turma do quadro "Jogo Falado" em campo para desvendar, através de leitura labial, como foi o bate-boca entre Neymar e Dorival Júnior durante a vitória de 4 a 2 do Santos sobre o Atlético-GO, na última quarta-feira, na Vila Belmiro. Uma câmera do programa ficou o tempo todo filmando o jogador e flagrou a discussão.

O jogo estava 3 a 2 para o Santos quando Neymar tentou dar um chapéu em Daniel Marques e foi derrubado na área pelo zagueiro. Pênalti marcado pelo árbitro Leandro Vuaden.

Visite o site do Fantástico

Neymar, cobrador de pênaltis oficial do Santos até então, pegou a bola para bater o pênalti, mas foi informado que Dorival Júnior ordenou que Marcel executasse a infração.

- Só falando o que ele (Dorival) falou lá. Mandou (você) não bater, esqueci de falar - disse o lateral-esquerdo Léo.

- P***! P***, tomar no c* - reclamou Neymar.

Léo chegou perto de Neymar e pediu "cabeça fria" ao jovem. Marquinhos também tentou acalmá-lo.

- Que foi, que foi? Hein? Hein? Que foi? Que foi, p***? Olha aqui, eu quero falar contigo. Que foi, p***? - questionou.

- Esse maluco, rapá. P***, não me deu o pênalti. Se f*** - respondeu Neymar.

Marcel acabou efetuando a cobrança, e o Santos marcou mais um gol. O jovem atacante, então, começou a fazer gracinhas em campo e foi repreendido pelo capitão Edu Dracena.

- Vai se f***, car***. Tomar no c*.

Marquinhos, de novo, tentou interceder:

- Ei, Ney! Ei, Ney!

Dorival chama o jogador:

- Ô, Ney!

O técnico ficou surpreso com as atitudes do jogador:

- Que isso? - perguntou Dorival.

- Se f*** - continuou Neymar.

- Ô, rapaz, seu moleque do c*** - gritou o técnico.

A vitória de 4 a 2 ficou em segundo plano. Na sexta-feira, o jogador veio a público pedir desculpas ao grupo santista, mas isso não impediu que ele fosse multado pela diretoria e fosse punido por Dorival Júnior, ficando fora da partida deste domingo, contra o Guarani, por decisão do treinador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário